24
Jul
2017

A carteira nacional de habilitação (CNH) é documento imprescindível para qualquer motorista, mas é comum esquecer-se de renova-la quando o prazo acaba. O período normal para renovação após o vencimento é de 30 dias. Caso ultrapasse, o motorista deve pagar uma multa de R$ 293,47, além de perder 7 pontos na carteira. Dependendo do caso, o veículo do condutor pode ser apreendido, e o mesmo terá de arcar com os prejuízos da retirada.


Para agilizar o processo de renovação, é possível acelerar as etapas pela internet, no site do DETRAN de seu estado. Para o agendamento de seu atendimento, o motorista deve possuir uma CNH livre de irregularidades como suspensão ou cassação. Após o preenchimento de formulário, o motorista escolhe o posto no qual será atendido. No dia escolhido, o mesmo deverá ter em mãos os documentos solicitados no site: protocolo de agendamento, CNH (cópia e original), comprovante de residência no nome do condutor emitido em até 3 meses antes da data e, em alguns casos, outro documento de identidade com foto.


Após a entrega dos documentos será solicitada a realização do exame médico, que deverá ser feito em uma das clínicas conveniadas ao DETRAN, enumeradas pelo atendente no processo, ou no site do DETRAN de seu estado. O custo do exame varia de R$ 80,00 a R$ 100,00, e deve ser paga ao profissional realizador.


Logo depois de ter os resultados do exame, o motorista pode ou não ser submetido a exames psicológicos, no caso de motoristas profissionais que embarcam passageiros, como taxistas. Sendo aprovado nos exames, o condutor deve encaminhar os resultados novamente ao DETRAN, e imprimir o boleto de emissão de CNH, que varia de 40 a 60 reais em seu custo pelo Brasil. O motorista poderá receber sua carteira de motorista renovada em casa (mediante frete), ou retira-la no posto de atendimento responsável.


A CNH, após renovação, tem validade de 5 anos. No caso de condutores de mais de 65 anos, o período é mais curto, totalizando 3 anos.